» » Como as Cobras se Refrescam

Como as Cobras se Refrescam

 

As cobras são animais de sangue frio, não tem calor próprio, regulam temperatura de acordo com o ambiente, é um hábito das cobras tomarem “ banho de sol ” durante o dia por exemplo. Seu corpo absorve calor , e quando expostas à temperaturas mais altas sentem calor , e procuram se refrescar procurando ambientes úmidos e frescos , ou banhando-se em beira de rios ou lagos que são locais muito comuns de encontrá-las. Diferentes das cobras d’agua que vivem sempre perto destes lugares , passam muito tempo dentro da água , são nadadoras, cujo até sua alimentação é de peixes e outros animais aquáticos invertebrados.


 

Elas bebem água!

As cobras também bebem água para se hidratar ,porém assim como a alimentação este não é um hábito diário, ela pode ficar muitos dias beber água sem que isso lhe seja prejudicial. É comum beberem muita água após se alimentarem , pois esse processo facilita sua digestão. Elas utilizam suas mandíbulas para colocar a água para dentro corpo, sua língua é muito fina , e não tem capacidade para sugar a água ,como fazem a maioria dos animais .

As cobras também precisam da umidade no período de troca de pele , podendo entrar na água para ajudar neste fim.


 

No Cativeiro

 


As cobras criadas em cativeiro precisam que seu terrário seja equipado com temperaturas aquecidas, como tapetes térmicos, rochas também aquecidas, etc. E deve contar com ambiente fresco é úmido contendo água limpa, locais para se protejerem de luz e calor. Não necessitam de luz artificial. A temperatura deve ser rigorosamente controlada e as indicações variam de acordo com a região do cativeiro. Este controle é essencial para a boa saúde do animal.

A questão da umidade também deve ser tratada com rigor, o terrário deve ser bem arejado , deve conter plantas , mesmo as falsas apropriadas para répteis , ou borrifadas com água para intensificar e garantir a umidade do local. A falta de cuidado neste sentido, pode acarretar alguns problemas, principalmente no período de troca de pele, se não tiver uma umidade adequada , pode ficar restos de pele , principalmente na ponta da cauda ou no seu dorso , devendo ser mergulhado na água para essa pele se soltar com mais facilidade, outro problema , e mais sério , é nas escamas que protegem os seus olhos , ela também é trocada e pode não se soltar impossibilitando a visão que já é deficiente neste animal, se não for retirada pode causar cegueira , mas somente um veterinário especialista em répteis saberá removê-las.

Atualizado em: 14/09/2012 na categoria: Criar Cobras