O que as cobras gostam de comer?

As cobras pertencem ao grupo dos répteis, possuem baixa temperatura corporal, precisando de luz solar para aquecer seu corpo, trocam de pele periodicamente e algumas delas são inofensivas, atacando apenas quando se sentem ameaçadas ou precisam se alimentar. Pode parecer asqueroso, mas a maioria das espécies são inóquas, ou seja, não produzem veneno, portanto não oferecem risco ao ser humano, mas assustam pela agilidade, capacidade de se camuflar na paisagem e de manter-se imperceptível à presa em alguns casos.

Alimentação comum

Na cadeia alimentar, as cobras alimentam-se predominantemente de ratos e outros pequenos roedores, equilibrando assim o ecossistema e fazendo o controle desses animais no ambiente, e só atacam seres humanos e mamíferos grandes quando há escassez de alimentos ou quando se sente ameaçada por eles, prevalecendo assim à defesa instintiva. Isso quer dizer que elas não saem por aí atacando qualquer animal.

No caso do homem, ela o faz quando este invade seu habitat e, como mecanismo de defesa, pica e inocula o seu veneno, no caso das cobras peçonhentas. Algumas cobras grandes, como a sucuri, que chega a medir cerca de onze metros de comprimento, (perdendo apenas para a píton asiática, que mede doze metros) chega a engolir sozinhos um boi inteiro ou bezerro, levando alguns semanas para digeri-lo totalmente.

 

Já a jiboia se alimenta de animais de pequeno porte, como lagartos, ratos e aves, e assemelha-se à sucuri, pois também comprimi a presa e esmaga lhe o corpo. Ela leva alguns dias para digerir o alimento (assim como a sucuri, que ingere animais de maior porte), chegando a ficar lenta, como que dopada, entorpecida. A cobra coral é menor e também se alimenta de ratos e outros mamíferos de menor porte. Ela os ataca instintivamente, quando estas transitam entre rios e lagos, lugares onde as cobras se refugiam. E sempre algum animal desavisado cai no seu bote.

 

Algumas cobras também se alimentam de ovos de aves e outros répteis. Assim sendo, este animal é importantíssimo para a cadeia alimentar, pois faz o controle de pragas, mantendo o equilíbrio do ambiente em que vive.