Cobra recém comida consegue escapar

Uma cobra notavelmente escapou de uma serpente maior que a engolido por inteiro no grego ilha de Corfu. Em 2011, o selvagem réptil da espécime Platyceps najadum, conhecida como cobra chicote, modificou o seu destino para a liberdade depois de ser comida por uma cobra da espécime Elaphe quatuorlineata, com porte muito superior. Incrivelmente a sorte foi a favor da cobra menor, que acabou sendo morta por um gato, deixando a sua presa escapar e viva!

cobra recem comida escapa

O dono do gato, cidadão holandês Dick Mulder, conseguiu pegar a escapa do lanche com sua câmera em sua casa Corfu. A cobra de maior porte foi pega por seu gato em seu jardim e foi morta na varanda de casa. A sua esposa não gostou da ideia de uma cobra morta em sua varanda e gritou para o holandês que o animal não estava morto porque a viu se movendo. Então todos ficaram mais atentos e começaram a ver uma movimentação estranha vinda pela boca. “Fui pegar minha câmera, e, quando voltei, vi a cabeça de uma serpente pequena”, disse Dick. A cobra menor lutou bravamente para ser livre e deslizou de volta à vida selvagem, aparentemente ilesa.

Especialistas comentam que fuga da cobra menor é rara. Há apenas outro exemplo de uma cobra conseguir fugir depois de se tornar refeição. Nesse caso o réptil se contorceu da ferida de uma cobra que foi baleada por caçadores. Também é incomum que a cobra chicote conseguisse sair pela boca da cobra morta, pois as cobras geralmente engolem a cabeça da presa em primeiro lugar. É mais fácil para cobras começarem a comilança com a cabeça de suas presas, particularmente os roedores que têm pernas que podem ficar no caminho.

E como a presa sobreviveu? Ágil ou não, como poderia uma cobra sobreviver dentro de outra? A única resposta é que a cobra maior tinha acabado de comer a presa antes de morrer.

Deixe um comentário