Cobras que vivem no mar

As cobras podem viver tanto em ambientes terrestres como aquático, e em água doce ou salgada. Isso quer dizer que toda vez que você entrar no mar deve ter medo de ser mordido por uma cobra? Mais ou menos. As cobras marinhas não costumam viver soltas no mar, na beirinha do mar perto da areia, por exemplo. Elas costumam conviver bem com o ecossistema marinho porque se alimentam e se escondem nele, por isso são mais comuns em profundezas aquáticas.

cobras marinhas

As cobras, por falta de deseja de membros, costumam usar o ecossistema natural para se camuflar como sistema de defesa. Nada impede que você veja uma cobra nadando em regiões próximas a beira mar, mas é bem raro. Elas costumam nadar em mares profundos e onde haja abundância de alimentação, de rochas ou corais onde possam se esconder. No geral ficam discretamente entocadas em espaços como entre rochas, entre folhagens e perto de cardumes  para poder se alimentar.

Alimentação das cobras marinhas

A alimentação das cobras marinhas é bem diferente das cobras terrestres. As da terra costumam comer roedores, pequenas aves e outras cobras. Já as marinhas costumam se alimentar de peixes, camarões e outros animais marinhos. No geral não são cobras de grande porta como as sucuris, chegando a no máximo 1 metro e 20 centímetros de comprimento.

Contudo, são cobras letais em sua maioria. As cobras marinhas que vivem nos mares asiáticos costumam matar suas presas em menos de cinco minutos e não deixam reação. Já as cobras do oceano pacífico costumam ser bem perigosas, mas com venenos que agem em algumas horas e por isso dá à vítima um período para reagir ao problema.

As cobras marinhas somam mais de 50 mil espécies e podem ser encontradas em todo o mundo. No geral são cobras pequenas e que vivem entre outros animais por anos sem ser percebidas. Costumam ser presas de tubarões.