» » Cobras sentem frio, mas dão seu jeito

Cobras sentem frio, mas dão seu jeito

Algumas pessoas já notaram por ai que não conseguiram ver cobras no meio da mata durantes os dias mais frios ou em mesmo em cidades em que tem neve. Isso porque elas não são as maiores fãs das temperaturas mais baixas, e preferem sempre o calorzinho. Mas o que pouca gente sabe é que, quando o tempo anda frio ou quente demais, elas se ajustam do seu jeitinho, sem precisar de qualquer casaco.

Cobras sentem frio, mas dão seu jeito


As cobras podem ajustar sua temperatura corporal

Elas podem não ter braços, pernas, dedos e nem sair correndo por ai, mas sabem viver muito bem. O organismo das cobras é altamente organizado e adaptado para sua forma de viver, rastejando e as vezes até pulando (temos um post sobre cobras saltadoras, é só conferir!). Mas uma das principais vantagens de ser uma cobra é mesmo o fato de elas poderem ficar quentinhas ou frias quando quiserem, pois elas podem regular a sua temperatura corporal.

O organismo da cobra pode trocar temperatura com o ambiente. No geral elas são animais frios, os que a faz suportar temperaturas tanto altas demais como frias demais, mas nem tanto. Mas elas curtem uma temperatura mediana sempre, por isso procuram lugares frescos quando faz calor e áreas quentes quando está frio.

Cobras não curtem muito dias muito frios, e por isso costumam em alguns lugares hibernar. Quando é frio demais elas também optam por se esconder em locais mais quentes para se aquecer. Podem dormir por três meses ou mais sem qualquer problema, já que sua alimentação também é lenta.

O sistema digestivo da cobra também age de acordo com sua atividade física: se elas vão hibernar, digerem mais lentamente os alimentos, o que lhes garantem nutrição por meses a fio sem qualquer problema. Uma cobra pode passar mais de dois meses sem caçar novamente.


 

 


 

 

Atualizado em: 26/06/2013 na categoria: Diversos