» » » As Cobras que miram nos olhos das Presas

As Cobras que miram nos olhos das Presas

As cobras do gênero Naja são bem conhecidas por serem peçonhentas, agressivas e muito perigosas. São famosas também por serem da espécie mais preferida dos encantadores de cobra da Índia com suas famosas hipnoses com flauta. Essas cobras podem matar um ser humano com uma mordida, mas além de morder, outro mal que ela causa pode ser a cegueira.


O veneno da Naja é extremamente perigoso aos olhos e em pesquisas científicas, já foi provado que as Najas miram os olhos de suas vítimas antes de expelir o veneno. É uma espécie relativamente grande com tamanho entre 90 centímetros e 120 centímetros, apesar de já terem encontrado espécie com até 150 centímetros.

Alta Capacidade de Precisão

Por terem a capacidade de mirar o alvo de seu veneno nos olhos, as Najas são popularmente conhecidas como “cobras cuspideiras”. Isso acontece porque elas desenvolveram um sistema onde seus dentes além de expelirem veneno ao morder a presa, pode também impulsionar o líquido mortal por uma abertura frontal . A distancia de alcance do veneno pode variar de acordo com cada espécie de Naja ( atualmente existem cerca de 22 espécies conhecidas do gênero) e pode chegar em até 2 metros de distância. Caso não alcance os olhos, o veneno pegando em qualquer parte do corpo de uma vítima, pode causar inchaço e atua como um irritante grave.

Por existirem várias espécies de Naja, as cuspideiras podem ser identificadas pelas cores. Geralmente são verdes acinzentadas, castanho escuro ou verde com escamas pretas. Em questão de habitat, elas podem ser encontradas em matas ou savanas úmidas, geralmente em furos de água permanente, embaixo de pedras ou em buracos feitos nas lenhas e é bem comum na África, Sul e no Sudoeste da Ásia. Em sua maioria, gostam de ficar escondidas no dia e sair para caçar suas presas no período da noite, principalmente após períodos chuvosos.


A Alimentação

Apesar  de ser bem venenosa aos humanos, nós não estamos entre suas caças. A Naja Cuspideira prefere se alimentar de sapos, mas em caso de escassez, caçam outras cobras, lagartos, sapos, roedores e outros mamíferos, com preferência aos de porte pequeno. Quando encurralada ela tem um poder extremo de se fingir de morta, deixando seu corpo imperceptível de qualquer sinal vital.


Atualizado em: 11/09/2012 na categoria: Espécies, Peçonhentas