Cobra piton

A cobra piton com certeza não é uma das maiores do mundo, mas assusta um pouco. Seu comprimento máximo é de 7 metros e 30 centímetros, o que pode ser da largura de uma estrada e 4 vezes maior que um humano alto. Alta, não? Mas não se preocupe porque será raríssimo ver uma cobra dessas por ai.

Cobra piton

Habitat da Cobra piton

Esta espécime de cobra vive mais comumente na Europa e África, sendo raramente encontrada no Brasil a menos que tenha sido trazida. Já foi encontrada em pequenas matas nacionais, mas são mesmo raras. Geralmente é encontrada no centro de florestas, na parte mais densa, próximas aos rios. Acompanha a correnteza em busca de alimentos.



Os hábitos da Cobra piton

Uma cobra que pode chegar a 150 quilos com certeza não come pouco. Seu peso máximo faz com que se alimente de animais de grande porte. Como ela se alimenta bastante, vai tirar um longo cochilo, um hábito interessante desta cobra. Toda vez que ela se alimenta passa cerca de cinco dias dormindo ou até mais, dependendo do porte do animal a ser digerido. Uma longa cesta, não?

Deve-se ter um pouco de medo do ninho de uma Cobra piton. Como as cobras não dão sinais claros de quando vão nascer, melhor ficar longe. Uma Cobra piton costuma colocar nada menos que 100 ovos por vez, todos com sucesso se um predador não os ingerir antes. Como é hábito das cobras, pode que ser a própria mãe para se nutrir acabe por se alimentar de alguns dos seus ovos.

Os hábitos da Cobra piton são totalmente noturnos. Ela costuma se alimentar de animais vivos preferencialmente, mas podem ser mortos também se for caso de necessidade. Pode passar até 3 meses sem se alimentar de novo sem qualquer prejuízo nutricional. Como os demais colegas de sua espécie, imobiliza a presa e a engole ainda viva para digerir o alimento em seu estômago e aproveitar o máximo de seus nutrientes.