» » Cobra tromba de elefante

Cobra tromba de elefante

O nome cobra tromba de elefante não veio a toa. A cobra da espécie Acrochordus Javanicus tem uma cabeça larga, longa e achatada que lembra a ponta de um nariz da tromba do elefante mesmo. É uma das cobras mais largas da natureza e uma das mais diferentes,  por isso é amplamente estudada sobre sua fisiologia e como ela chegou até este formato. Seu formato diferencial já incentivou pesquisas em diferentes países.
Cobra tromba de elefante

Características da cobra tromba de elefante

 

Nesta espécie, as fêmeas são maiores que os machos. Uma cobra tromba de elefante chega ao máximo de  2,40 m, sendo considerada uma cobra de médio porte, portanto. Sua pele pode vir naturalmente marrom e com manchas amarelas na parte de dentro do corpo, a que arrasta no chão. Mas variantes em cinza e laranja já conhecidas, não em grande quantidade por vias naturais. Por ser uma linda pele, esta cobra pode ser encontrada em cativeiro para poder ser usada na fabricação de acessórios da moda. Sapatos de pítons e deste tipo de cobra são comuns na Europa.

Habitat da cobra tromba de elefante

O ambiente natural da cobra da espécie Acrochordus Javanicus é o aquático ou o terrestre, por isso é comumente encontrada em margens de rins, estuários e lagoas. Vive em água doce e salobra. Os locais onde pode ser encontrada no mundo são regiões de clima tropical, mais comumente na Indonésia e na costa oeste da Malásia. Já foi vista diversas vezes na Tailândia e Vietnã, mas não mais longe que isso. Mesmo sendo de clima tropical, o clima brasileiro seria demais para o animal. No continente americano a cobra tromba de elefante jamais foi vista. 
Cobra tromba de elefante adulta

Reprodução da cobra tromba de elefante

Esta cobra é do tipo ovípara e coloca em média 17 ovos, sendo apenas 6 os sobreviventes. Sua alimentação preferida é peixes e anfíbios.


Atualizado em: 30/03/2014 na categoria: Espécies