Por que o veneno de cobra é tão perigoso para os humanos?

As cobras usam seu veneno para anestesiar ou matar a presa e, por vezes, para ajudar a digeri-la. Ao usar veneno, estes animais (bastante temidos pelos homens justamente por seu veneno) usam muito menos energia para atacar a sua presa, por isso são menos propensos a ser feridas em uma luta. O veneno de uma cobra é, portanto, uma forma de se defender do mundo que os cerca e potenciais predadores. 

veneno de cobra

O veneno da cobra é produzido por glândulas salivares que estes animais possuem já modificadas na sua boca, na parte interna do seu corpo e não visível. Quando as cobras venenosas realizam uma mordida, músculos espremem o veneno por meio de um duto para cada presa, que injeta seu veneno em suas vítimas.

Por que o veneno da cobra é tão perigoso?

Existe uma vasta variedade de veneno de cobra entre diferentes espécies, mas geralmente esta substância contém enzimas que digerem as proteínas, o que faz com que as vítimas de suas mordidas entrem em estado de choque e provocar danos nos tecidos do corpo e dos órgãos internos. Pode haver ainda no veneno proteínas que afetam o funcionamento dos nervos. Isto leva à paralisia, incluindo parar a respiração e pode-se ainda afetar o batimento do coração, o que geralmente é a causa da morte de uma pessoa, animais e em especial crianças.

Infelizmente para as pessoas, estes venenos têm o mesmo efeito que para os animais, embora as serpentes mordem principalmente em auto defesa ou acidentalmente porque foram surpreendidas. Para combater mordidas, o veneno pode ser ordenhado de serpentes para a produção de anti-veneno.

Diversos hospitais e centros especializados no Brasil possuem injeção antiofídica para combater as ações dos venenos de cobra. Contudo, é preciso saber qual espécime realizou a mordida para combater-se de forma adequada e poder fornecer o melhor tratamento, ao menos o mais eficiente.